Cadela da PM ajuda na apreensão de quase meio quilo de droga em Cacoal

Uma cadela da raça labrador pertencente ao canil da Polícia Militar (PM), ajudou na apreensão de quase meio quilo de droga, que estava enterrada no quintal de uma casa localizada no Bairro Jardim Clodoaldo, em Cacoal (RO), município a 480 quilômetros de Porto Velho.

A operação realizada pela PM na sexta-feira (27) também prendeu por tráfico de drogas dois jovens e uma mulher, de idades não informadas. Além da droga, objetos e motocicletas de procedência não comprovadas também foram apreendidos. Durante o dia, quatro mandados de buscas e apreensões foram cumpridos.

Segundo o capitão da 2º companhia de policiamento ostensivo, comandante João Carlos Matos, essas pessoas já vinham sendo observadas há algum tempo, sendo que desde a adolescência praticavam crimes na cidade, principalmente de tráfico de drogas.

“Recentemente eles atingiram a maior idade penal, e os policiais continuaram acompanhando esse grupo. Devido os crimes praticados, o poder judiciário expediu quatro mandados de buscas e apreensões, a fim de captar provas que realmente confirmassem esses ilícitos”, explicou João.

Os mandados foram cumpridos na sexta-feira, em quatro locais distintos, no entanto, foi no Bairro Jardim Clodoaldo que foi encontrado o maior número de produtos ilícitos.

“Todos os produtos apreendidos como motocicletas, eletrodomésticos, eram de origem duvidosa, provavelmente fruto de receptação. Além disso, foram apreendidos cerca de meio quilo de drogas ilícitas do tipo crack e maconha, que estavam enterradas no quintal da casa. Essa apreensão só foi possível graças ao excelente trabalho da cadela Fany, pois era um terreno grande”, contou.

Atuação da cadela Fany
A cadela Fany, que tem seis anos, nasceu no canil da PM em Cacoal. Ela é cria da cadela Patrulha, que prestou grande serviço a polícia.

“Em 2015 a Fany fez parte da Força Nacional, onde participou de grandes apreensões de droga no Mato Grosso do Sul e Foz do Iguaçu. Em Cacoal ela faz a diferença, realizando várias apreensões de droga, sendo que na maioria das ocorrências que envolve droga, a levamos e ela localiza essa substância”, contou o condutor da Fany, policial militar cabo Camilo.

No caso da atuação da Fany na apreensão do meio quilo de droga, Camilo contou que a cadela farejou no interior da casa e todo o quintal, encontrando a droga na parte da frente da área externa da casa.

“Quando a Fany chegou na parte da frente do quintal, próximo a uma árvore, ela começou a farejar, cavou e em seguida tirou um envolucro de droga de um bom tamanho. Então, continuamos cavando e localizamos um entorpecente ainda maior”, relatou Camilo.

Pela idade da Fany, em 2019, quando completa sete anos, ela será aposentada do trabalho militar. Segundo Camilo, filhotes da cadela já estão sendo treinados para ocupar o lugar da mãe.

“Após se aposentar, a Fany virá morar comigo, já que como condutor eu tenho o direito de ficar com ela. Comigo ela ficará pelo resto da vida”, afirmou Camilo.

Fonte: G1

Comentários pelo facebook

Comentários

Carregar mais em DESTAQUES

Verificar também

Homens são presos com arma e 12 quilos de peixes em Porto Velho

Dois homens, um de 34 anos e outro de 50, foram presos na noite da última quarta-feira (19…