Polícia Civil de Espigão d’Oeste inicia nova fase da operação em repressão a crimes de furto e receptação

Da Assessoria SEVIC Espigão

Polícia Civil de Espigão d’Oeste inicia nova fase da operação em repressão a crimes de furto e receptação

Após pelo menos duas semanas de intensos trabalhos de investigação, a Polícia Civil de Espigão d’Oeste/RO teve sucesso na manhã desta quinta-feira (16), em identificar os autores do furto no Posto de Saúde Gebaldo dos Reis, bairro Cidade Alta, tendo da operação realizada, o êxito em recuperar uma televisão e uma impressora.

A ação desta quinta-feira é desdobramento das várias prisões ocorridas nos últimos 15 (quinze) dias, também originada da apreensão de adolescentes envolvidos em um sem-número de ocorrências de furto a residência e estabelecimentos comerciais nesta cidade.

Após diligências, foi possível identificar os infratores, confirmando o envolvimento de três criminosos. Um dos infratores, após sua identificação e a apreensão dos objetos em sua posse, confessou ter entrado pela janela da recepção do referido posto de saúde, e subtraído 1 televisão de 32 polegadas, marca LG, 1 monitor de 20 polegadas, marca LCV, 1 teclado de computador e 1 impressora multifuncional, marca laser jet.

A equipe de policiais civis já está no encalço dos eventuais receptadores e visa apreender o restante dos objetos furtados.

A operação foi comandada pelo Delegado de Polícia, Dr. Frankie Lopes de Souza, que, procurado por esta equipe de reportagem, relatou que: “A sociedade tem sofrido com uma série de pequenos furtos, que tiveram um sensível aumento neste início de ano, que sem dúvida alguma, abalam a tranquilidade social e portanto, reclamam uma atuação mais incisiva por parte dos órgãos de segurança pública. Diante deste quadro, os policiais civis de Espigão não mediram esforços e já prenderam diversos envolvidos, recuperando também os objetos furtados”.

A Polícia Civil de Espigão d’Oeste alerta a população quanto a aquisição de qualquer produto de procedência duvidosa, seja pelo seu ínfimo valor, seja pela pessoa que faz a venda ou as condições do negócio, pois quem recebe produto de origem ilícita, responderá criminalmente pelo crime de receptação.

saiba mais

Polícia Civil efetiva a prisão de “comandante do furto”, em Espigão do Oeste

 

Comentários pelo facebook

Comentários

Carregar mais em DESTAQUES

Verificar também

UMERON promove neste sábado 14.º Encontro dos Militares Evangélicos

O evento será promovido na Igreja Assembleia de Deus no bairro Morada do Sol. Um grande pú…