(Vídeo) Comandante da PM de Espigão fala sobre investigações do primeiro homicídio de 2017

Linha de investigação vai analisar vários parâmetros, inclusive se há ligação com crime no inicio de novembro de 2016.

Da Redação

Zenoir Luza (Leno) tinha 40 anos, foi morto a tiros enquanto aguardava o proprietário da chácara a fim de acertar um trabalho.
O Comandante do 4º PEL PM de Espigão do Oeste, TEN PM Marink gravou um vídeo falando sobre os primeiros dados colhidos pelo Núcleo de Inteligência da Polícia Militar, que está investigando os homicídios ocorridos em novembro de 2016, quando o empresário do ramo de madeiras João Paulo teria sido morto com vários tiros e golpes de facão, na Linha que dá acesso ao Campo dos Cristos, sentido distrito de Flor da Serra e o crime ocorrido nesta segunda-feira, (06/02), numa chácara que serve como deposito de madeira na rua Ervino Prochow em Espigão do Oeste.
João Paulo era patrão de Zenoir Luza (Leno), que tinha 40 anos, foi morto nesta segunda, a tiros enquanto aguardava o proprietário da chácara a fim de acertar um trabalho. Desde a morte de João Paulo, informações dão conta de que Leno vinha sofrendo ameaças, informações confirmadas por familiares, mas que esta sendo investigada pelas autoridades.

Veja o Vídeo clicando neste Link

TEN PM Marink
(COM 4º PEL PM Espigão do Oeste/RO)

Comentários pelo facebook

Comentários

Carregar mais em DESTAQUES

Verificar também

Caso ‘baleia azul’ pode ter sido diagnosticado em Jaru

Especialista afirma que o jogo acaba sendo um “gatilho” que evidencia graves distúrbios ps…