Prossegue o escândalo em Vilhena: polícia volta às ruas e mais um vereador é afastado

Agentes e viaturas da Polícia Civil de Vilhena estão nas ruas da cidade, neste momento, cumprindo mandados de busca, apreensão e realizando conduções coercitivas. Um dos alvos da batida policial é o gabinete do vereador Célio Batista (PP), que acaba de ser afastado do cargo e irá usar tornozeleira eletrônica. Segundo as primeiras informações obtidas pelo FOLHA DO SUL ON LINE, 14 imóveis de pessoas investigadas foram bloqueados por ordem da justiça.

Conforme revelou uma fonte policial do site, também estão no foco das ações o ex-secretário municipal de Integração Governamental, Gustavo Valmórbida, o vereador cassado Wanderlei Graebin (PSC) e sua esposa, mais o ex-vereador Jairo Peixoto, entre outros, cujos nomes não foram revelados.

Embora nenhuma informação oficial tenha sido divulgada, tudo indica que a operação seja apenas o prosseguimento das ações que desmantelaram um esquema de propinas para a aprovação de loteamentos na Câmara. O mesmo crime levou à prisão de sete vereadores no ano passado.

Reportagem da FOLHA acompanha a investigação e trará novos detalhes do caso a qualquer momento.

Fonte: Tudo Rondônia

Comentários pelo facebook

Comentários

Carregar mais em DESTAQUES

Verificar também

Cadela da PM ajuda na apreensão de quase meio quilo de droga em Cacoal

Uma cadela da raça labrador pertencente ao canil da Polícia Militar (PM), ajudou na apreen…