(Áudio): Educação paralisa até dia 17, pelo menos, suas atividades em Espigão

A informação partiu da presidente local do SINTERO Maria Helena.
A principio, foi divulgado que a greve seria em todo o país e por tempo indeterminado.

Da Redação

Foto: Redação TOP FM
(Profissionais da Educação em EOE)

De acordo com a responsável pelo Sindicado dos Trabalhadores em Educação em Espigão d’Oeste, Maria Helena, na data, diversos sindicatos e categorias de trabalhadores prometem parar por 24 horas em todo o país para protestar contra os pacotes de reforma propostos pelo governo de Michel Temer.

As áreas de educação e saúde já aderiram à greve, que também já tem adeptos da justiça, da polícia civil e do setor de transporte público em alguns estados, não há informações sobre Rondônia. O Sindicato dos Professores do Município de Espigão d’Oeste (SINTERO) aderiu.

Ouça as declarações da responsável


Comentários pelo facebook

Comentários

Carregar mais em DESTAQUES

Verificar também

Caso ‘baleia azul’ pode ter sido diagnosticado em Jaru

Especialista afirma que o jogo acaba sendo um “gatilho” que evidencia graves distúrbios ps…